domingo, 18 de junho de 2017

E continuam a todo o vapor os preparativos do livro Os Rodrigues e os Rocha – Duas Famílias Fora do Normal (dezembro de 2017)!

O livro será, como já se sabe, uma mistura de comédia e drama, com algumas pitadas de romance.

A propósito: ainda não achei mais pessoas reais para fazerem aparições especiais nele, só que continuo atrás de novas!

De qualquer forma, as que já estão listadas continuam muito mais do que confirmadas!

Algumas escritoras do grupo do Facebook Clube do Livro acreditam que os boicotes e sabotagens contra os livros da personagem Márcia Alva a Prostituta não sejam um bom motivo para querer terminar de vez os livros da série dela...

Mesmo assim, já estou farto de escrever sobre ela e toda essa brincadeira termina de vez no final deste ano em caráter conclusivo, decisivo e definitivo, combinado e esclarecido?

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Como será a participação do evento Anime Fest no livro Os Rodrigues e os Rocha.

Como a Marihá (organizadora do evento), a Hairan (cosmaker que trabalha profissionalmente nos eventos) e Anne (irmã da organizadora) me liberaram de boa seus nomes e imagens, decidi então fazer a melhor versão fictícia do evento possível.

A princípio, não haveriam mais pessoas reais em específico no evento, até que decidi tornar a trama bem mais divertida e emocionante.

A primeira recruta (após Marihá, Hairan e Anne, que não poderiam ficar de fora), foi ninguém menos do que a famosíssima e talentosíssima Mariana Caltabiano.

Depois dela, recrutei as menos famosas Pamela Marins e Samara Souza, e, com o tempo, passei a recrutar cada vez mais participantes dos eventos de anime daqui de meu estado da federação, o Espírito Santo.

Recapitulando: os Rodrigues, os Rocha e os Ribeiro estão todos reunidos no apartamento dos Rodrigues, quando surge um comercial televisivo anunciando a versão de 2017 do Anime Fest.

Eles decidem ir ao evento para poderem se distrair um pouco e ver se fazem alguma coisa melhor do que, simplesmente, ficar à toa dentro de casa enquanto estão de folga de seus respectivos trabalhos.

Eles chegam lá, e, logo de cara, encontram a organizadora do evento, a cosmaker que trabalha profissionalmente nos eventos e a irmã da organizadora.

A principal atração do evento é a atriz e cantora Mariela (criação minha), que aparece cantando algumas músicas inéditas e originais. Tudo começa correndo bem o bastante, até que surge o fugitivo da polícia Ronaldo Muniz (criação minha), tornando o evento uma verdadeira e imensa bagunça.

Ainda no evento, surgem criações minhas de diferentes histórias originais, incluindo a banda instrumental Quarteto em Sintonia, a assistente de laboratório e super-heroína Andreia Androida da equipe de heróis tradicionais os Companheiros de Honra e o assassino sanguinário Demétrio Doidão o Derramador.

Após uma série de confusões e encrencas, o evento continua normalmente e as três família, embora tão exaustas, também voltam para casa tão satisfeitas.

Trata-se da terceira versão do Anime Fest em minhas narrativas: a primeira foi na história completa (edição especial) A Detetive Sensual - O Sumiço dos Animadores (onde a própria Mariana Caltabiano contracena com o também animador, roteirista e escritor do mundo real Almir Correia e a vilã é a desenhista, escritora e pintora Marina Souza, cujo nome será futuramente modificado para outro bem diferente para evitar problemas judiciais com uma das filhas de um certo desenhista, escritor e empresário) e a segunda foi no livro O Quarteto em Sintonia - As Aventuras de Quatro Musicistas (onde surgiram o ator, cantor e citareiro o Menestrel, a garota Contrária e a dupla de vampiras Ágatha e Débora, todos criações originais minhas de fora).

E a lista de pessoas reais do livro Os Rodrigues e os Rocha só está crescendo gradualmente e potencialmente!

Até agora, já contém 17 nomes (o meu não conta!), estou vendo se chego a 20 até o final desta semana!

Amigos meus ainda acham loucura eu entupir o livro Os Rodrigues e os Rocha com uma tonelada de nomes e imagens de pessoas reais...

Mas eu não acho: a ideia é, realmente, melhorar a história e combater o plágio!

Quem não quiser entrar na narrativa, não entre, só que, também, não critique quem quiser!

A própria Maria Clara da Escola Monteiro Lobato CEMS (que aparecerá ao lado de sua melhor amiga, a Beatriz e de sua prima, a Michelly (observação: prima da Maria Clara!)) já me foi super atenciosa ao me dizer para ficar à vontade para utilizar o nome e a imagem dela em minhas produções!